quarta-feira, 19 de abril de 2017

Alteração na próxima rodada da Copa Metropolitana de Futebol Sub-15

A próxima rodada da  Copa Metropolitana de Futebol Sub 15  que acontece no sábado (22) e no domingo (23), sofreu alterações de horário na tabela de alguns jogos.

Confira os jogos atualizados:

22/04
SAB
10:30
E
25
Sel L. Freitas

X

Atlântico
Vilas Tenis Clube
23/04
DOM
15:00
E
26
Camaçari

X

ABB
Campo da Areia
22/04
SAB
09:30
G
30
Catuense

X

Sel. Rio Real
CT Catuense
22/04
SAB
14:00
H
31
Cajazeiras

X

Sel. Santo Amaro
CT Fazendão
23/04
DOM
12:30
H
32
Leão Grená

X

AA São Francisco
CT Wet N Wild



segunda-feira, 10 de abril de 2017

Copa Metropolitana de Futebol sub15 começa com muitos gols

A primeira rodada da Copa Metropolitana foi de muitos gols nas 16 partidas realizadas no último sábado (8) e domingo (9). As redes balançaram 62 vezes o que dar uma média de 3,8 gols por partida. A maior goleada da rodada foi a do Vitória, que venceu por 10 a 0 o estreante Olímpia, no Barradão. Outro estreante na competição, a equipe Cajazeiras foi até São Francisco do Conde e goleou a seleção local, por 5 a 0.

A Sétima edição do torneio é realizada anualmente e organizada pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado do Bahia (Sudesb), autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego e Esporte (Setre), com apoio da Federação Baiana de Desportos de Participação (FBDP), Federação Baihana de Futebol (FBF) e das prefeituras que sediam os jogos. 

Pelo grupo A, o Bahia venceu por 3 a 2, em casa, o time Estrela de Aço. Na partida do grupo C, o Ypiranga venceu a Jacuipense por 1 a 0. Galícia e Leônico empataram sem gols. A Copa Metropolitana de Futebol Sub 15 reúne 32 equipes, divididas em oito grupos.  Assim como em anos anteriores, a primeira fase é disputada em jogos de ida e volta dentro da mesma chave.  A partir da segunda fase, os jogos serão apenas de ida, com vantagens para os times que tiverem melhor campanha. 

 
Resultados dos jogos da 1ª rodada:

Bahia 3 x 2 Estrela de Março
Redenção 1 x 1 MAF
Vitória 10 x 0 Olimpia
Salvador 0 x 2 Juazeirense
Jacuipense 0 x 1 Ypiranga
Galícia 0 x 0 Leônico
Sel. Candeias 0 x 0 Sel. S.S. do Passé
Sel. Madre Deus 4 x 1 Sel. S F do Conde
Atlântico 1 x 3 Camaçari
ABB 3 x 2 L.Freitas
Lusaca 4 x 0 Sel. Mata de S. João
Atl. Alagoinhas 3 x 3  Sel. Terra Nova
Sel. Rio Real 3 x 2 Sel. Inhambupe
Sel. Aporá 0 x 4 Catuense
São Francisco 0 x 5 Cajazeiras

Sel. Santo Amaro 1 x 2 Leão Grená


Fotos: https://www.flickr.com/photos/sudesb/albums/72157679834797942

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Começa neste sábado (8) a 7º Copa Metropolitana sub 15



Uma das principais competições de base da Bahia, a Copa Metropolitana sub 15 abre o calendário anual da categoria, a partir deste sábado (8), com a realização de 16 partidas. A partida de abertura será entre Bahia e Estrela de Aço, às 9h, no Centro de Treinamento tricolor (Fazendão), no município de Lauro de Freitas. Também no sábado, o Vitória encara a equipe do Olímpia, 09h, no Estádio do Barradão, em Salvador.
A competição é realizada anualmente pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do trabalho, Emprego e Esporte (Setre), comapoio da Federação Baiana de Desportos de Participação (FBDP), Federação Bahiana de Futebol (FBF) e das prefeituras que sediam os jogos.
                                                                   

A sétima edição do torneio metropolitano terá a participação de 32 equipes, entre clubes e seleções de 12 municípios baianos, divididas em oito grupos com quatro equipes. Na primeira fase, os times farão jogos de ida e volta dentro da mesma chave e se classificam as duas melhores equipes de cada grupo.

Além da dupla Ba-Vi, equipes tradicionais do futebol baiano estarão na briga pelo título: Ypiranga, Galícia, Leônico, Jacuipense, Juazeirense, Redenção, Atlântico, Camaçari e Catuense. A Copa Metropolitana será disputada de abril a junho e visa a preparação das equipes baianas que vão participar da Copa 2 de julho, a ser realizada no início do segundo semestre.

Veja a programação completa

09:00 A  Bahia X Estrela de Março – Fazendão
12:30 A  Redenção X MAF –  CT Wet N Wild
09:00 B  Vitória X Olimpia – CT Barradão
10:15 B  Salvador X Juazeirense – CT Barradão
11:15 C  Jacuipense X Ypiranga – CT Wet N Wild
15:00 C  Galícia X Leônico – Parque Santiago
09:00 D Sel. Candeias X Sel. S.S. do Passé – Campo da Petrobras S.S.Passé
10:00 D Sel. Madre Deus X Sel. S F do Conde – Estádio de Madre de Deus.
14:30 E  Atlântico X Camaçari – CT Caju
15:00 E  ABB X SelL.Freitas SESI,- S Filho
09:00 F   Lusaca X Sel. Mata de S. João – Campo da Areia
15:00 F  Atl. Alagoinhas X Sel. Terra Nova – Est Mun Entre Rios
14:00 G  Sel. Rio Real X Sel. Inhambupe – Est Municipal
15:00 G  Sel. Aporá X Catuense – Est. Municipal
14:30 H  São Francisco X Cajazeiras – Est de Santo Amaro
16:00 H  Sel. Santo Amaro X Leão Grená – Est Municipal


Ascom Sudesb
Marcus Carneiro

07.04.17

terça-feira, 4 de abril de 2017

Sudesb divulga tabela e horários dos jogos da Copa Metropolitana sub 15

A Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) divulgou nesta terça-feira (4) a tabela da Copa Metropolitana de Futebol sub 15 e determinou os duelos da primeira fase do torneio. Com 32 participantes, de 15 municípios, a sétima edição da competição será disputada de abril a junho e visa a preparação das equipes baianas que vão participar da Copa 2 de julho, no início do segundo semestre.


A sétima edição da Copa Metropolitana de Futebol Sub 15 terá abertura oficial neste sábado (8) com rodada completa. O Bahia (grupo A) estreia contra Estrela de Aço, às 9h, no Centro de Treinamento tricolor (Fazendão), no município de Lauro de Freitas. Já o Vitória (grupo B) vai enfrentar o Olímpia, também às 09h, no Barradão, em Salvador. 


O torneio é realizado anualmente pela Sudesb, autarquia da Secretaria do Trabalho e Esporte (Setre), com apoio da Federação Baiana de Desportos de Participação (FBDP), Federação Bahiana de Futebol (FBF) e das prefeituras que sediam os jogos.


Regulamento – As equipes estão divididas em oito grupos com quatro equipes. Na primeira fase, os times farão jogos de ida e volta dentro da mesma chave e se classificam as duas melhores equipes de cada grupo. Para assegurar a participação, os dirigentes das equipes e seleções municipais devem enviar para o email: ceep.sudesb@sudesb.ba.gov.br, até a próxima quinta-feira (4), as fichas (disponível no regulamento) com os nomes dos atletas inscritos.
Baixe aqui a tabela completa  e o regulamento da competição


Ascom Sudesb
04.04.2017

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Reunião da Copa Metropolitana de Futebol sub 15 mobiliza dirigentes da capital e do interior



Diretor geral da Sudesb, Elias Dourado, e o coordenador Sinval Vieira falam sobre o objetivo
da Copa Metropolitana e dão informes do torneio a dirigentes do futebol de base

Prevista para iniciar entre março e abril próximos, a sétima edição da Copa Metropolitana sub 15/2017 teve sua primeira reunião técnica preparatória na manhã desta terça-feira, 21, no estádio de Pituaçu. O encontro mobilizou vários dirigentes do futebol de base com atuação em Salvador e em municípios como Terra Nova, São Francisco do Conde, Jacuípe, São Sebastião do Passé, Rio Real, Itaparica, Inhambupe, Santo Amaro, Amélia Rodrigues, Ipirá e Candeias, oportunidade em que receberam da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e responsável pela organização, os primeiros informes sobre o campeonato.

Com previsão de reunir até 32 equipes na disputa do torneio, que tem inscrições gratuitas, a Sudesb pretende organizar os grupos regionalmente para facilitar a participação dos municípios, equilibrar a disputa e baratear os custos. Os jogos serão realizados aos sábados e domingos, com a partida final acontecendo antes da festa de São João. Logo após o Carnaval, o regulamento e a tabela da Metropolitana serão disponibilizados no site www.sudesb.ba.gov.br e no blog http://copametropolitanabahia.blogspot.com.br.

O torneio foi criado para servir de preparação aos times baianos para a Copa 2 de Julho, principal competição de base realizada pela Sudesb e que neste ano de 2017 comemora dez edições. “Nossa intenção com a Metropolitana é dar oportunidade a todos aqueles que têm trabalho de base para que apresentem e testem seus times, fazendo com que as equipes da Bahia cheguem mais qualificadas e competitivas na Copa 2 de Julho, que reúne times de todo o Brasil e também do exterior”, explica o coordenador de Excelência de Futebol da Sudesb, Sinval Vieira.


Futebol de base – Presente à abertura da reunião, o diretor geral da Sudesb Elias Dourado afirmou ser também objetivo da Copa Metropolitana o fortalecimento do futebol de base. Na sua opinião, é exatamente esse segmento “que trabalha para diminuir a enorme desigualdade que há no mundo do futebol, onde há salários estratosféricos numa ponta e na outra a dificuldade real de adquirir uma bola adequada para a prática esportiva. O futebol de base cumpre papel muito importante para a formação dos jogadores de sucesso do futuro”, lembrou o diretor, adiantando informações sobre projetos que a Sudesb, em parceria com o Ministerio do Esporte, pretende desenvolver neste ano para qualificar a gestão do futebol de base no estado.

Mais informações sobre a Copa Metropolitana podem ser adquiridas pelo email ceep.sudesb@sudesb.ba.gov.br e as notícias sobre o torneio acompanhadas no site da Sudesb e no blog da Copa Metropolitana.


Ascom/Sudesb //21.02.2017

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Sudesb dá início à organização da Copa Metropolitana de Futebol/2017




Em reunião agendada para o dia 21 de fevereiro, às 10h, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, deflagra o processo de organização da Copa Metropolitana de Futebol sub 15, que este ano está em sua sétima edição. A reunião técnica servirá para mobilizar times da capital e do interior interessados na competição, prevista para acontecer neste primeiro semestre.

Apesar de ser chamada de metropolitana, a copa é aberta a outros municípios que não integram a RMS. Na edição passada, por exemplo, participaram seleções de Rio Real, Inhambupe, Conceição do Jacuípe, dentre outras. Segundo o coordenador de Excelência Esportiva da Sudesb, Sinval Vieira, “o objetivo da Copa Metropolitana é ter a participação dos times que têm interesse na Copa 2 de Julho, nossa principal competição sub-15, por reunir atletas de todo o Brasil e também do exterior. Por isso, vemos na Copa Metropolitana uma excelente oportunidade de preparação dos atletas baianos para esse torneio maior e mais competitivo que a Sudesb realiza nos primeiros dias do segundo semestre”, destaca Sinval.

As inscrições das equipes e dos atletas participantes da Copa Metropolitana são gratuitas. Para realização do torneio, a Sudesb  conta com a parceria da Federação Baiana de Futebol (FBF).

Os dirigentes esportivos e municipais interessados em participar da competição devem comparecer à reunião agendada para o dia 21. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo email ceep.sudesb@sudesb.ba.gov.br ou por meio do telefone 71 3103-0960.



Ascom/Sudesb

15.02.2017

terça-feira, 7 de junho de 2016

Jogos da Copa Metropolitana tiveram participação especial de alunos da Escolinha de Arbitragem da Bahia




A partida final da sexta edição da Copa Metropolitana Sub 15, realizada na manhã deste domingo, 5 de junho, contou com a luxuosa participação de quatro alunos da Escolinha de Arbitragem de Futebol. Edvaldo, 16; Thiago, 13 anos; Carlos, 15; e Alana, 9 anos, formaram o quarteto que atuou como gandulas no jogo entre Bahia e Vitoria.

Moradores da Vila Laura, Narandiba, Saramambaia e Cabula, esses três garotos e uma menina têm um sonho em comum: tornarem-se árbitros profissionais e atuarem em grandes e decisivas partidas de futebol.
Além deles, outros oito jovens da Escolinha de Arbitragem também atuaram em alguns dos jogos da Copa Metropolitana deste ano, participando como assistentes de arbitragem. Desse grupo, três deles cursam a Universidade, mas todos os oito já são formados pela Federação Baiana de Árbitros.

Projeto de inclusão – Pioneiro no Brasil, o projeto da Escolinha de Arbitragem foi idealizado em 2000 por Rildo Goés, mas foi somente em 2011 que ele viu seu sonho tornar-se realidade. Desde então, conta com o apoio da Sudesb, marcando sempre presença nas copas de futebol realizadas pelo órgão estadual de esporte.

Ao agradecer a parceria com a Sudesb, Rildo destaca a importância da Copa Metropolitana: “Essa Copa ajuda na formação de cidadãos, na integração entre capital e interior, na realização de sonhos e também na revelação de talentos. Para os garotos e garotas da Escolinha de Arbitragem, é uma oportunidade de vivenciarem de perto o mundo do futebol”, observa Rildo.

Ascom Sudesb
Hilda Fausto
06.06.2016